Em janeiro, jovens formados pelo Instituto Reciclar passaram em processos seletivos em empresas parceiras e iniciaram suas primeiras experiências profissionais.

O Programa Educacional do Instituto Reciclar visa contribuir com a inclusão produtiva por meio da qualificação profissional. Ao longo de três anos, os jovens passam por um processo de desenvolvimento de competências socioemocionais, habilidades técnicas e, ao final, são integrados a um banco de talentos para encaminhamento para processos seletivos em empresas parceiras, com o objetivo de ingressarem de maneira qualificada no mercado de trabalho.

Esse foi o caso dos jovens Ana Clara, Kauan Luiz e Vitória Corrêa que, já em janeiro, conseguiram colocação profissional nas empresas Ashland, Instituto Vita e Baruel, respectivamente. Em 2021, 96% dos jovens formados pelo Instituto Reciclar foram empregados, gerando um incremento de 40,1% na renda familiar dos mesmos e evidenciando a efetividade do modelo educativo do Programa Educacional.

Uma importante etapa do Programa Educacional, na perspectiva da inclusão produtiva, é a intermediação realizada pelo Instituto Reciclar, aproximando os jovens das empresas parceiras por meio do banco de talentos. Isso contribui diretamente para que os jovens beneficiados pelo Programa, que são oriundos de um contexto de vulnerabilidade social, tenham oportunidade de concorrer em processos seletivos, acessando empregos qualificados, e, assim, gerando renda e mobilidade social.

Para ser um parceiro empregador, contribuindo com a inclusão de jovens formados pelo Instituto Reciclar, entre em contato por meio do e-mail colabore@reciclar.org.br .