Profissionais de tecnologia participam de bate papo com jovens do Instituto Reciclar.

No último mês, o Instituto Reciclar promoveu um bate papo sobre Mulheres na Tecnologia e recebeu as convidadas: Juliana Dias, software enginner na ifood; Lissandra Shiramizu, operations director na Lenovo; Edgleuma Abreu, principal software engineer na Neon Pagamentos.  A atividade buscou apresentar aos jovens do Programa Educacional a trajetórias e experiências de profissionais desta área, dando luz a questão de gênero que ainda enfrenta barreiras, muito significativas, neste campo.

                As vagas de trabalho na área de tecnologia crescem significativamente no mundo e no Brasil. Segundo a pesquisa da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais (Brasscom), o país deve oferecer cerca de 673,5 mil novas vagas de 2022 até 2025. No entanto, o estudo também apontou que as empresas apresentam dificuldades para preenchê-las.

Mesmo com o aquecimento deste setor ele ainda conta com mão de obra predominantemente masculina. Historicamente muitas mulheres desenvolvem papel importante no avanço da tecnologia da informação, no entanto o reconhecimento delas fica muito aquém. Nos últimos anos a presença feminina tem avançado na área, no entanto atualmente no Brasil corresponde a apenas 20% dos profissionais de tecnologia, conforme aponta o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

O Instituto Reciclar entende a importância desse mercado para os jovens, sobretudo jovens mulheres, por isso aposta em atividades de formação e de troca, como o bate papo Mulheres na TI, possibilitando o contato dos nossos beneficiários com mulheres que estão inseridas no mercado profissional da tecnologia. “Poder inspirar os jovens a seguir a carreira de tecnologia, mostrar que a tecnologia tem um universo de possibilidades e que pode mudar a vida deles e das respectivas famílias. Achei uma experiência incrível. Eu espero ter conseguido plantar a sementinha da tecnologia em pelo menos uma das jovens que estavam presente”, declara Edgleuma Abreu, principal software engineer na Neon Pagamentos.

A inclusão produtiva dos jovens e a contribuição para a redução das desigualdades no país são o foco da atuação do Reciclar. Agradecemos as empresas parceiras que estiveram presente nesta ação. Juntos buscamos a transformação social!