O principal compromisso do Instituto Reciclar é impactar vidas e colaborar com a transformação social. Para isso, investimos em uma formação de qualidade, contribuindo, assim, para a entrada e permanência do nosso público no mercado de trabalho. Nesses quase 27 anos, vimos diversas histórias de êxitos e, uma delas, é a do Lucas Dantas, jovem recém-formado pelo Programa Educacional que, em abril, foi contratado pelo Hospital Albert Einstein.

Lucas, natural de Belém do Pará, ainda criança mudou-se com sua mãe para São Paulo. Aqui, estudou em escolas públicas, em uma delas foi onde conheceu o Reciclar durante uma divulgação da organização. “Eu estava no segundo ano do Ensino Médio e não pensava em nenhuma profissão para seguir. A ideia, depois que acabasse a escola, era fazer um curso de informática e trabalhar em qualquer empresa, ou loja”, conta Lucas.

Após ingressar no Programa Educacional, Lucas passou por um ciclo de formação de três anos voltados ao desenvolvimento de competências socioemocionais, construção de projeto de vida, formação técnica e encaminhamento para o mercado de trabalho. No Ano I, durante uma visita promovida pelo Instituto Reciclar à Escola Técnica Albert Einstein, o jovem confirmou o seu interesse pela área de saúde. “Foi de primeira: observando as enfermeiras fazendo os procedimentos, decidi que queria fazer enfermagem. Foi o curso com o qual me identifiquei”, relembra.

Assim, no Ano II, Lucas iniciou o curso técnico de enfermagem na Escola do Albert Einstein. Os cursos técnicos na área da saúde são custeados com o apoio da Roche que, desde 2020, é parceria do Reciclar por meio do investimento social privado, também em ações de voluntariado e doações de equipamentos. Agora, após concluir sua formação e ter passado no processo seletivo, Lucas é um profissional do Hospital e já almeja os próximos passos do seu projeto de vida, que inclui cursar faculdade na área.

O Instituto Reciclar acredita que a educação e a qualificação profissional são ferramentas capazes de contribuir com a transformação social e construção de um país no qual todos tenham oportunidades. No último ciclo, 96% dos jovens formados pelo Programa Educacional conseguiram acessar o mercado de trabalho, gerando um incremento de renda familiar de 40,1%.

Assista ao vídeo abaixo no qual o jovem conta mais detalhes da sua trajetória!