O Instituto Reciclar acompanhou a feira que deu visibilidade às iniciativas de empreendedores das favelas de todo o país.

Nos dias 15, 16 e 17 de abril, aconteceu em São Paulo a primeira edição da Expo Favela, que abordou temas como Educação e Tecnologia, Mercado de Trabalho, Sustentabilidade e Meio Ambiente, e Responsabilidade Social. Representantes do Instituto Reciclar estiveram presentes no evento e puderam conhecer novas iniciativas ligadas à impacto social e trocar experiências com os participantes.

Ao longo da programação, os 33 mil visitantes do evento puderam assistir palestras, workshops, exposições, rodadas de negócios, pitches de startups, mentorias, debates, atrações culturais e interagir com empreendedores das comunidades de todo o Brasil.

A Expo Favela, revelou-se uma importante iniciativa para que as periferias sejam, cada dia mais, vistas como espaços de potencialidades. Atualmente, há 17,1 milhões de brasileiros vivendo em favelas, sendo essa população responsável por movimentar R$119,8 bilhões em renda própria por ano. Apesar de serem territórios marcados pelas vulnerabilidades sociais e que mais sofrem com ela, ao mesmo tempo, seus moradores são aqueles que possuem maior propriedade para participar das soluções, visto que as vivenciam.

O Instituto Reciclar está localizado no Jaguaré, onde fica a maior favela em área contínua da cidade de São Paulo. Enquanto organização da assistência social, atuamos em parceria com as comunidades do território, buscando entender suas demandas e trazer investimento e tecnologia, apoiando, assim, o desenvolvimento local. A partir disso, é possível fomentar boas práticas que podem ser levadas para outras localidades, influenciando a amplificação e criação de políticas públicas.

A participação em eventos como a Expo Favela contribui para a disseminação de discussões voltadas para o público em vulnerabilidade social, sobretudo para estimular o crescimento econômico dos empreendedores das comunidades. Além disso, o evento se propôs a aproximar os investidores dessas iniciativas, promovendo o investimento social privado em causas que contribuem para a redução das desigualdades no Brasil.