Jovens Reciclar apresentam projetos finais das OCS
24/11/2021

Os jovens dos anos 1 e 2 do Programa Educacional do Reciclar apresentaram, em novembro, os projetos desenvolvidos ao longo do ano nas Oficinas Criativas de Soluções.

 

Nos dias 23 e 24 de novembro, os jovens dos anos 1 e 2 do Programa Educacional do Reciclar apresentaram os projetos desenvolvidos ao longo do ano nas Oficinas Criativas de Soluções.  A banca foi composta pelos Consultores Técnicos Voluntários dos projetos, bem como membros da Diretoria e Conselho do Instituto.

 

Um dos pilares do Programa Educacional do Reciclar, as Oficinas Criativas de Soluções promovem o aprendizado na prática por meio de uma metodologia de desenvolvimento de projetos com base em problemas reais da comunidade. Além de elaborarem uma solução para um incômodo identificado por eles próprios, os jovens ainda desenvolvem a competência de trabalho em equipe, buscando soluções harmoniosas a todos os integrantes do grupo, compartilhando informações e respeitando diferentes pontos de vista.

 

Nesse ano, os temas discutidos no decorrer dos projetos foram: saúde mental, padrões de beleza, vida saudável, empregabilidade e carreira, entre outros. Uma das soluções criadas, o projeto “ Padrão, aqui não! ”, foi pauta da 1º edição do SPTV no dia 02 de novembro, trazendo uma reflexão sobre a diversidade da beleza a fim de valorizar as diferenças que existem na sociedade.

 

“Fazer com que os jovens exercitem seus saberes podendo desenvolver habilidades como trabalho em equipe, criatividade, senso crítico e analítico, dentre outras, tudo isso por meio da elaboração de projetos pensados para combater problemas reais da sociedade é um importante processo para a formação de futuros profissionais“, complementa Rafael Villares, Gerente Educacional e Projetos do Instituto Reciclar.

 

Ao se apropriarem de problemas sociais, elaborando soluções para os mesmos, os jovens são instigados a desenvolverem suas competências socioemocionais e seu potencial transformador, contribuindo, assim, para o seu desenvolvimento enquanto cidadãos agentes da transformação. Além disso, ao desenvolverem um projeto a partir da identificação de um problema real, passando pelas fases de ideação, prototipação e implementação de uma solução, os jovens aproximam-se da realidade do mundo do trabalho, contribuindo para o processo de inclusão produtiva, que vai desde a qualificação profissional até o apoio à inserção no mercado profissional. 

CONTATO
Av. Presidente Altino, 973 - Jaguaré
FIQUE POR DENTRO
Cadastre-se receber notícias e informações sobre a gente!