Voltado para o público feminino, o Programa de Mentoria +ELAS visa apoiar jovens profissionais a inserirem-se e ascenderem no mercado de trabalho.

Em março, o Instituto Reciclar, em parceria com a Pfizer, lançou o Programa de Mentoria +ELAS, com o objetivo de apoiar jovens profissionais que se identificam com o gênero feminino a inserirem-se e ascenderem no mercado de trabalho. Em celebração aos 70 anos da farmacêutica, 70 mulheres entre 17 e 29 anos serão beneficiadas com uma trilha de mentoria que visa o desenvolvimento de soft skills aderentes ao universo profissional. Essa iniciativa contribui diretamente para o atingimento do Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 5 – Igualdade de Gênero, da Agenda 2030, da ONU.

O Brasil encerrou 2021 com uma taxa de desemprego de 11,1% da população. No entanto, esse cenário não afeta a todos de maneira igual. O indicador de desemprego entre mulheres foi 54% maior do que o dos homens, atingindo 15,9%. Ao fazer um recorte racial, têm-se um resultado ainda mais preocupante. Segundo análise do data_labe, o desemprego entre mulheres negras é duas vezes maior que o de homens brancos.

Mesmo quando essa população está empregada, as diferenças permanecem. Segundo pesquisa realizada pelo IBGE em 2018, as mulheres ganham 20,5% a menos do que os homens no Brasil. Essa diferença salarial é também consequência da menor presença desses grupos em posições de liderança. Segundo o Fórum Econômico Mundial, as mulheres representam apenas 39,4% dos cargos de gestão no Brasil. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Ethos indicou que só 0,4% dos cargos executivos de empresas são ocupados por mulheres pretas ou pardas.

Frente a esse cenário, o Instituto Reciclar e a Pfizer estão lançando um programa de mentoria voltado exclusivamente para o público feminino, tanto na posição de mentoradas quanto de mentoras (que serão voluntárias da própria Pfizer). A ideia é promover uma troca de experiências entre mulheres mais experientes com aquelas no início de sua carreira profissional, promovendo o desenvolvimento de soft skills para ambas as partes. A trilha de sessões será elaborada visando romper com as barreiras internas que impedem jovens profissionais de inserirem e ascenderem no mercado de trabalho.

As inscrições para ser uma mentorada no programa estão abertas, e podem ser feitas até o dia 22 de abril clicando aqui. Podem se inscrever jovens entre 17 e 29 anos, que se identificam com o gênero feminino e que tenham cursado Ensino Médio em escolas públicas, ou tenham sido bolsistas integrais de escolas particulares. Compartilhe essa oportunidade com a sua rede!

Agradecemos à Pfizer pela parceria, e seguimos juntos em prol da igualdade de gênero no mercado de trabalho!